Alpes Literários

Alpes Literários

Subtítulo

UM PASSEIO PELOS ALPES LITERÁRIOS

quarta-feira, 6 de junho de 2018

João Cabral de Melo Neto - Contam de Clarice Lispector ‎

Este poema diz muito sobre Clarice Lispector, que em seus últimos anos de vida transparecia certo cansaço e abatimento com alguns infortúnios que então lhe alcançaram, como você, leitor, poderá constatar neste vídeo em que ela é entrevistada pelo jornalista Júlio Lerner (1939-2007).

O desfecho insólito para uma conversa que começou com anedotas sobre a morte, interlacada com assunto bem mais animado e impressivo – como lances de uma partida de futebol –, parece ratificar o quando a escritora estava – como diria? – presa ao domínio da deusa Libitina.

J.A.R. – H.C.

João Cabral de Melo Neto
(1920-1999)

Contam de Clarice Lispector

Um dia, Clarice Lispector
intercambiava com amigos
dez mil anedotas de morte,
e do que tem de sério e circo.

Nisso, chegam outros amigos,
vindos do último futebol,
comentando o jogo, recontando-o,
refazendo-o, de gol a gol.

Quando o futebol esmorece,
abre a boca um silêncio enorme
e ouve-se a voz de Clarice:
Vamos voltar a falar na morte?

Retrato de Clarice Lispector
(Giorgio de Chirico: pintor italiano)

Referência:

MELO NETO, João Cabral de. Contam de Clarice Lispector. In: __________. Agrestes: poesia (1981-1985). Linguagens Alheias. 2. ed. Rio de Janeiro, RJ: Nova Fronteira, 1985. p. 96. (“Poesia Brasileira”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário